Após quase 7 anos, suspeito do Caso Jéssica se entrega à Polícia

Acusado de assassinato está no Conjunto Penal de Vitória da Conquista. Defesa argumenta surto psicótico em episódio de espancamento de jovem grávida.

Publicado em 10/03/2023 - às 09:44
Por Redação | Jornal Conquista
Foto: reprodução.

Américo Francisco Vinhas Neto se entregou à Polícia. Ele é suspeito do assassinato da jovem Jéssica Nascimento, em 2016. Na época, a jovem tinha 21 anos e estava grávida e o caso chocou Vitória da Conquista e ganhou repercussão a nível estadual e nacional.

Na ocasião, Américo – que era namorado da vítima – a espancou durante uma festa que acontecia na sua casa. Ele chegou a ser preso em flagrante por causa das agressões, mas foi liberado após pagar fiança. Dias depois, Jéssica perdeu o bebê e ficou internada por quase 1 mês na UTI do Hospital Geral de Vitória da Conquista, onde contraiu uma bactéria no sangue por causa de uma lesão o pulmão e veio a falecer.

A Justiça decretou a prisão preventiva de Américo na época do falecimento de Jéssica, mas ele acabou fugindo e seu paradeiro permaneceu desconhecido durante esse período e se entregou no último dia 24 de fevereiro.

A defesa do suspeito argumenta que ele não era namorado da vítima e que devido a um surto psicótico pelo uso de drogas, ele acabou apresentando um comportamento mais agressivo, dendo espancando não só a jovem, mas diversas pessoas. Ele segue no Conjunto Penal de Vitória da Conquista.

Atualização 10:07: A defesa da família de Jéssica se manifestou na manhã desta sexta-feira (10) repudiando teses que culpabilizam a vítima e aguardando que a Justiça venha a condenar o suspeito.

Clique no botão abaixo para entrar no grupo
Entre no grupo de notícias Jornal Conquista
Siga o Jornal Conquista no Instagram
Seguir no Instagram