Com 40 votos, esposa de Rui Costa é eleita para cargo vitalício no TCM

Aline Peixoto, que é enfermeira de vocação, superou o ex-deputado Tom Araújo (UB), candidato da bancada de oposição à vaga.

Publicado em 08/03/2023 - às 17:35
Por Redação | Jornal Conquista
Foto: divulgação.

A enfermeira e esposa do ministro Rui Costa (PT), Aline Peixoto foi eleita para o cargo vitalício de conselheira do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). A definição ocorreu na tarde desta quarta-feira (08) em votação realizada no plenário da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Com 40 votos – margem prevista pelo líder do governo na Casa, Rosemberg Pinto (PT) – Aline vence o nome levantado pela bancada de oposição, o ex-deputado Tom Araújo (UB), que obteve 19 votos. Outros 4 votos foram anulados.

A polêmica escolha acontece após semanas de debates a respeito do tema. A escolha da esposa do ex-governador Rui Costa rachou o PT estadual – já que o também ex-governador e atual senador Jaques Wagner (PT) se manifestou contrário – e segundo informações de Brasília, causou um desgaste na gestão do presidente Lula. Além disso, o fato da cunhada do Ministro ser servidora do TCM também ganhou uma repercussão ruim em torno da candidatura agora vencedora.

Mesmo com a definição, setores da oposição prometem não dar vida fácil à Aline. O líder do MBL Bahia, Sandro Filho, entrou com uma ação na Justiça para barrar a indicação. O ativista argumenta que a falta de experiência da ex-Primeira Dama com atividades de conhecimentos jurídicos, contábeis, econômicos e financeiros ou de administração pública a desqualifica perante o Art. 18 da Lei Orgânica do Tribunal.

Clique no botão abaixo para entrar no grupo
Entre no grupo de notícias Jornal Conquista
Siga o Jornal Conquista no Instagram
Seguir no Instagram